VP6?! Não faça isso!

Para quem ainda não sabe, o VP6 (na verdade TrueMotion VP6) é um codec de vídeo utilizado para codificação no formato Flash Vídeo, desenvolvido pela On2 em 1992, e é bastante comum em vídeos distribuídos na internet. A cada dia, mais e mais sites YouTube like passam a utilizar este codec para comprimir seus vídeos, e isso é algo que me deixa bastante curioso: o que as pessoas que tomam estas decisões tem na cabeça, para usarem o VP6??? Por isso, resolvi fazer uma lista de argumentos para aqueles que estão pensando em usar Flash Vídeo para alguma coisa, e para aqueles que usam VP6 poderem me dar bons argumentos para tal escolha.

Antes de entrar nos detalhes de porque eu acho o VP6 ruim, vamos avaliar as opções existentes. Se você quer gerar um vídeo para tocar no Flash Player, você pode escolher entre os seguintes codecs: Sorenson, VP6, e H264. O Sorenson é um codec antigo e não muito eficiente, é o que o YouTube utiliza para seus vídeos de baixa definição e existem diversas implementações open-source. O H264 é um codec excepcional, utilizado para TV Digital Terrestre e bastante eficiente. Além disso, o H264 também possui implementações open-source, porém é necessário pagar royalties para utiliza-lo comercialmente.

Dadas as características das opções, a escolha evidente seria o H264. Entretanto, devemos considerar que somente a versão 9.0.r115 do Flash Player toca vídeos em H264, e apenas uma parcela bem pequena dos usuários tem esta versão instalada. Assim, a opção mais óbvia seria utilizar o VP6, já que é um codec mais eficiente e é capaz de gerar vídeo com ótima qualidade. Entretanto, ele é um codec caro, e para produzir vídeos em larga escala, de forma legal, você terá que desembolsar uma boa grana. A questão então é mais de custo x benefício.

Para codificar vídeos em VP6 você tem algumas opções, como o Flash Media Encoder e o Flix. Entretanto, todas elas são bastante limitadas, para não dizer totalmente, sendo que é possível alterar apenas o target bitrate e alguns parâmetros de tolerância. Para quem está acostumado a utilizar o mencoder e o ffmpeg, onde é possível alterar qualquer parâmetro do codificador, isto deixa muito a desejar. Não podemos, por exemplo, configurar o range de motion estimation, ou o tamanho dos macroblocos, nem sequer o posicionamento dos key-frames, ou seja, não existe margem para otimização. Até existe a possibilidade de gerar VP6 com o mencoder, porém trata-se de um hack com a DLL que implementa o codec, e é bastante bugada.

Por outro lado, podemos gerar Sorenson com estas ferramentas open-source, e podemos otimizar tanto o processo de codificação que o vídeo gerado terá uma qualidade semelhante à do VP6, principalmente quando falamos de bitrates entre 400kbps e 800kbps. Além disso, não será necessário gastar nem um centavo para gerar os vídeos. O único problema, no caso, é encontrar a combinação de parâmetros que tenha como output um vídeo de qualidade comparável ao VP6.

Outro ponto importante é o tempo de codificação, ou seja, o tempo necessário para gerar o vídeo comprimido. O Sorenson é um codec extremamento rápido, e, mesmo utilizando dois passos, é possível obter um tempo de codificação menor que a duração do vídeo. Já o VP6 é bem mais lento, e isto pode ser bem crítico dependendo do volume de vídeos processado e da urgência de exibição dos mesmos.

Assim, a única justificativa que vejo para utilizar VP6 é para vídeos em alta-definição, com grande penetração de usuários, e em cenários com grande disponibilidade de banda. Mas se for este o caso, pense bem, porque o H264 vai dominar o mercado antes que você possa imaginar.

2 comments so far

  1. Vitor Pellegrino on

    Excelente post, Rafael!
    Uma verdadeira aula sobre o assunto! Meus parabéns!

  2. Marcelo Ferreira on

    Rafael

    Muito esclarecedor para os noobs.

    Só discordo de uma coisa no seu artigo: o On2 Flix possui uma gama muito variada de parâmetros de controle de encoding nas opções avançadas.
    Provavelmente você não usou a versão adequada.

    De resto, H264 é a melhor opção mesmo.

    abs

    Marcelo


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: